Rincon de los Sauces

Origem do nome: Antigamente existia uma grande variedade e quantidade de salgueiros a beira do rio Colorado e os moradores o usavam como referencia para localização “a 3 léguas do lugar dos salgueiros”

Como chegar: Ruta Provincial 6.

Temperaturas no verão: Média máxima 34°C / Média mínima 14°C

Temperaturas no inverno: Média máxima 15°C / Média mínima 4°C

Distância até Neuquen Capital: 219 km.

Distância até a Buenos Aires: 1161 km.

Prefeitura: Jujuy 1050 | Tel: +54 299 4886029

Posto de gasolina: Sim

Considerada a "Capital do Petróleo" está localizada junto ao rio Colorado, seu solo concede o recurso que dá energia à indústria do país.

Por causa da localização da cidade, o clima é tipicamente semi-árido, com a característica de uma região desértica onde não há registros de altos picos de umidade e com escassas precipitações. Seus verões são extremamente quentes, oscilando a temperatura de 40 °C como máxima. A flora é muito rica nesta região por contar com uma grande variedade de vegetação nativa, única na província e no resto do país, de grandes poderes curativos e medicinais (larrea, atriplex lampa, clematis cirrhosa, matasevo, microsciadium, chuquiraga, senecio, argila robusta, entre outras).

A fauna que prevalece na área é composta de: guanacos (animal parecido à lhama), raposa, tatu, lebres patagônicas, piches (outro tipo de tatu), tartarugas da terra, tinamus, Podicipedidae (mergulhões), corvo marinho, buteo poecilochrous (espécie de ave rapina), entre outros.


El Río Colorado a su paso por Rincón de los Sauces


Poço de petróleo em Rincón de los Sauces - Foto: Osvaldo Gagliardi


História de Rincon de los Sauces

Durante a década de 60 a petroleira estatal YPF, montou seus primeiros acampamentos de exploração na região, obtendo resultados positivos em 1968 quando encontraram petróleo no Puesto Hernández, que com o passar dos anos se transformou em uma das principais jazidas do país.

O descobrimento produziu uma rápida transformação na região e o antigo acampamento petrolífero se converteu em um município que foi fundado oficialmente em 20 de dezembro de 1971.


La extracción de fósiles de dinosaurios es una constante en la zona.


O que visitar em Rincón de los Sauces

Museo Paleontológico Municipal Argentino Urquiza

Situado na esquina das Ruas Jujuy e Chaco, conta com 440 peças catalogadas. Elas pertencem, em sua maioria, a dinossauros saurópodes titanosáurios, algumas correspondem a tartarugas e outras a crocodilos. Expõe peças originais encontradas na região junto com réplicas de outros achados na província.

Existem peças ainda guardadas para posterior estudo.


Carlos Fuentes em Museo Paleontólogico Argentino Urquiza - Foto: Argentour.com


Reserva Provincial Auca Mahuida

É possível chegar à reserva por vários pontos, mas o acesso principal está a uns 35 km ao sudeste de Rincón de los Sauces, pela RP 6. Sua superfície é de 77.020 hectares, embora tenha sido proposto redefinir seus limites e ampliar a superfície da reserva.

Mais informações na página Auca Mahuida


Auca Mahuida - Foto: Argentour.com


Pueblo Fantasma Auca Mahuida

A 89 km ao sul do Rincón de los Sauces, o tempo parou em 22 de agosto de 1947. Auca Mahuida era uma mina de carvão betuminoso que era explorada pela empresa do mesmo nome e que fechou depois de uma explosão que deixou sepultado em suas galerias subterrâneas a 15 mineiros.

Durante seu esplendor, em 1947, moravam umas 1500 pessoas, apesar de terem ficado um pouco mais que 20 moradias, não há nenhum habitante. O município de Auca Mahuida foi o maior da sua região, quando Añelo não era mais que um povoado e Rincón de los Sauces ainda nem existia.

Na mina subterrânea, de aproximadamente 105 metros de profundidade e 350 de extensão por túneis a diferentes níveis do solo, eram produzidos 80 caminhões de carvão betuminoso por dia.

Acima da avenida estão as casas que serviram como: armazéns gerais, enfermaria, açougue e delegacia com seu cárcere, todas incrustadas na encosta da barreira montanhosa. Algumas delas ainda mantêm seus tetos intactos, seu reboco e os tijolos cru em perfeito estado. Há outras que foram mais danificadas pelo abandono.

Na frente delas acima da barreira estão os escritórios que serviram para a empresa Auca Mahuida que explorava a mina La Escondida.

O rio Colorado em Rincón de los Sauces - Foto: Municipalidad de Rincón de los Sauces



O QUE VISITAR EN Neuquén