Cuyo


Imagem de Satélite Cuyo

Recostada sobre a Cordilheira dos Andes, as províncias de La Rioja, San Juan, San Luis e Mendoza conforman esta zona famosa por ser a produtora dos melhores vinhos argentinos. Tem orgulho de albergar o pico montanhoso mais alto fora do moderado asiático: o Aconcágua (6959 metros de altura), meta dos que durante cada temporada aceitam o desafio de escalá-lo. Encontram-se também na região, alguns das jazidas paleontológicas mais ricas do mundo. Ischigualasto e Talampaya.

Os vales de altura, de clima desértico e bons canais de rega, são os sítios ideais para o desenvolvimento dos vinhedos que dão origem a vinhos de fama internacional. Cada ano, compradores de todo o mundo, aproximam-se para degustar os bons Chardonnay, Cabernet Sauvignon, Malbec, Merlot, Syrah, Tempranilo...entre muitas outras cepas que se dão, com ótimos resultados, na região.




Toda a zona é ideal para a práctica de esportes de inverno. Mendoza é a provincia que conta com os centros de esqui mais ao norte do país: Penitentes e Las Lenhas, que estão preparados para brindar uma excelente e cálida atenção aos amantes destas atividades invernais. Durante o verão se trata de aproveitar toda a riqueza e elegância dos Andes. A montanha, o solo, a água de correntes e rios e até os ventos, permitem desfrutar de rodeios na cordilheira, trekking, rafting, canoagem, escalada e até mergulho de altura.

Uma atividade exclusiva da província de San Juan é o carrovelismo. Practica-se na planicie do Barreal El Leoncito, em um triciclo a vela que, graças aos ventos que sopram na zona, permite viajar a 100 km/h, pos isso parece ser uma atividade só apta para os que procuram incrementar a adrenalina.

Vinhedos em Luján de Cuyo, Mendoza.


Valle de la Luna - Prov. San Juan