Artes da Argentina

Teatro Colón - Buenos Aires

A Pintura e Escultura na Argentina podem ser divididas em quatro períodos : (1) 1800-1870, quando artistas estrangeiros vieram para a Argentina e começaram a pintar; (2) 1870-1900, quando artistas argentinos foram para a Europa e aprenderam o realismo; (3) 1900- 1924 , quando o impressionismo e o pós impressionismo se desenvolveram na Argentina; e (4) a arte de nossos dias. O pintor mais famoso da Argentina no séc. XX foi Prilidiano Pueyrredón, que pintou cenas da vida regional gaúcha.

Durante o séc. XX, Benito Martín tornou-se famoso por suas pinturas da vida portuária. Entre os pintores argentinos contemporâneos estão Emílio Pettorute, Raquel Forner , Raúl Soudi e Antonio Berni. Entre os escultores argentinos contemporâneos destacam-se Rogélio Yrurtia, José Fioravante, Alfredo Bigatti e Carlos de la Cárcova




Literatura:

Durante o século XIX, Domingo Faustino Sarmiento tornou-se conhecido por suas obras sobre educação. José Hernandez escreveu sobre os gaúchos e Esteban Echeverría escreveu poesias populares. Entre os principais autores do séc. XX, encontram-se Joaquín Gonzáles , que escreveu sobre a educação e a vida na Argentina ; José Ingenieros , sociólogo ; e Victoria Ocampo, famosa por estudos sobre Virginia Woof e outros escritores.

Jorge Luis Borges




Música e dança:

O tango surgiu em Buenos Aires como uma adaptação de uma dança folclórica espanhola . Sob a denominação de tango argentino, tornou-se popular na Europa e nos Estados Unidos da América na década de1920 . Os gaúchos argentinos criaram numerosas danças Folclóricas, entre elas a resbalosa , a zamacueca, a vidalita e as tristes. Essas danças refletem a vida solitária no Pampa. Seus ritmos freqüentemente reproduzem o passo do cavalo , do vaqueiro gaúcho. São geralmente apresentadas com o acompanhamento de violão, bandolim ou acordeão.

Entre os compositores argentinos contemporâneos encontram-se Juan Carlos Paz, Astor Piazzolla e Alberto Ginastera

Atividades artesanais:

Os artesãos argentinos produzem maravilhosos artigos de couro como sacolas, malas, calçados e selas e rédeas enfeitadas de prata. Os indígenas tecem mantas de lã e ponchos, espécie de agasalho semelhante à manta, vestido pela parte superior do corpo.